Keystone logo
Universidad Autonoma de Aguascalientes Mestrado Interinstitucional em Agricultura Protegida
Universidad Autonoma de Aguascalientes

Mestrado Interinstitucional em Agricultura Protegida

Aguascalientes, México

2 Years

Espanhol

Tempo integral

Request application deadline

Jul 2023

Request tuition fees

No campus

bolsas de estudo

Explore oportunidades de bolsas de estudos para ajudar a financiar seus estudos

Introdução

O Mestrado Interinstitucional em Agricultura Protegida é um programa educacional criado através da colaboração entre a Universidade Autônoma de Aguascalientes, a Universidade de Colima, a Universidade de Guadalajara, a Universidade de Guanajuato, a Universidad Michoacana de San Nicolás de Hidalgo, a Universidade Autônoma de Nayarit e da Universidade Autônoma de Sinaloa. Através do trabalho interinstitucional, pretende-se unir as valências académicas e administrativas de cada instituição, para oferecer um programa de mestrado de qualidade que permita a formação de profissionais competentes em diagnóstico, gestão do clima, água e nutrientes, inovação e planeamento, que atuem em fortalecer o desenvolvimento de sistemas de produção de hortaliças, morangos, plantas ornamentais e viveiros em ambientes protegidos.

A agricultura protegida constitui um sistema de cultivo com grandes vantagens produtivas e de mercado, face aos sistemas tradicionais, uma vez que permite a obtenção de produtos de qualidade tanto para o mercado nacional como para exportação.

Apesar da importância deste item agrícola, existem limitações no seu desenvolvimento ligadas à insuficiente assistência técnica e à ausência de programas de capacitação profissional para dispor de recursos humanos qualificados em processos técnicos, operacionais, gerenciais e comerciais. Nesse sentido, o Mestrado Interinstitucional em Agricultura Protegida é uma proposta educacional que visa promover o desenvolvimento da agricultura no país.

objetivos

Formar profissionais com alto grau de especialização, competitivos, capazes de inovar e aplicar técnicas e tecnologias nos sistemas de produção de hortaliças, morangos, culturas ornamentais e viveiros em túnel, casa de sombra e estufa de alta tecnologia, que atendam às demandas da fruticultura hortícolas da região e que contribuam para aumentar a qualidade da produção através de uma atitude empreendedora, responsável, trabalho em equipa e respeito pelo meio ambiente.

perfil de pós-graduação

O egresso do Mestrado Interinstitucional em Agricultura Protegida será um profissional com bases técnico-científicas, competente em diagnóstico; gestão do clima, água, nutrientes, gestão fitossanitária e segurança; inovação e planejamento, para contribuir com o fortalecimento do desenvolvimento dos sistemas de produção de hortaliças, morangos, plantas ornamentais e viveiros em túneis de alta tecnologia, casas de sombra e estufas. As habilidades deste profissional permitirão que eles trabalhem em empresas agrícolas protegidas no nível de produção ou gerencial, empresas de assessoria ou consultoria, programas governamentais e autônomos.

Para a realização de um exercício profissional competente, o Mestre em Agricultura Protegida deverá desenvolver os seguintes conhecimentos teóricos, metodológicos e axiológicos.

Conhecimento sobre:

  • Fundamentos legais e regulamentares de manuais de qualidade para implementação de programas de boas práticas agrícolas durante o processo de produção em casa de vegetação.
  • Bases técnico-científicas dos diferentes sistemas de produção em agricultura protegida em solo ou em sistemas hidropónicos.
  • Princípios ecofisiológicos e agronômicos para o manejo de cultivos protegidos, bem como suas fases fenológicas.
  • Fatores bióticos e abióticos que influenciam a produção agrícola em ambientes protegidos e seus efeitos no crescimento, desenvolvimento e qualidade dos produtos colhidos.
  • Procedimentos padronizados para análises físicas e químicas de solo, substratos, água e plantas.
  • Exigências climáticas e nutricionais das culturas.
  • Sistemas de irrigação pressurizada, componentes, bem como sua operação manual e automatizada.
  • Operação de sistemas de resfriamento e aquecimento que podem ser usados em estufas, seus componentes e custos operacionais.
  • Projeto e materiais usados na construção de estruturas para agricultura protegida.
  • Indicadores de colheita e fatores que afetam a vida pós-colheita para manter a qualidade do produto.
  • Distinguir as condições ideais de pré-resfriamento e resfriamento para frutas, vegetais e produtos ornamentais.
  • Modelos de negócio e metodologias de análise económica que permitem calcular os custos de investimento e produção de sistemas agrícolas protegidos.
  • Gestão comercial e processos logísticos utilizados em fazendas comerciais de agricultura protegida, para aumentar a competitividade da empresa.
  • Aspectos relacionados com os processos de gestão e administração de recursos humanos e seu impacto nas diferentes actividades que decorrem nos processos produtivos de culturas protegidas.
  • Princípios técnicos para a utilização de software especializado e recursos informáticos para a gestão de informação técnico-científica que permita resolver problemas de produção e promover a inovação de produtos e processos.
  • Novas tecnologias, sistemas automatizados e robóticos existentes no mercado atual para uso na produção em estufa, suas vantagens, limitações e custos de implantação.

Habilidades:

  • Implementar programas de boas práticas agrícolas na produção de cultivos protegidos, para obtenção de produtos seguros e de alta qualidade comercial, considerando a influência dos fatores climáticos na fisiologia dos cultivos.
  • Melhorar a produção através da implementação e avaliação de alternativas adequadas de manejo agronômico da água, clima, solo, substratos, nutrição e controle fitossanitário, nas diferentes fases fenológicas das culturas.
  • Diagnosticar e intervir em sistemas de produção protegidos conhecendo os fatores controláveis e incontroláveis.
  • Diagnosticar pragas e doenças nas lavouras, aplicar métodos de controle físico, químico e biológico e preservar a segurança dos produtos colhidos.
  • Desenhar programas de nutrição vegetal em culturas de acordo com o seu estado fenológico, com base nos resultados das análises físicas e químicas da água, do solo, do substrato e da planta.
  • Estimar o consumo de água pelas plantas de acordo com as necessidades das culturas durante suas fases fenológicas, com base no sistema de produção.
  • Selecione e gerencie o sistema de resfriamento ou aquecimento, operação manual ou automática em casa de vegetação com base nas exigências das culturas estabelecidas e na relação custo-benefício.
  • Selecione o tipo, desenho e material mais adequado para a construção de estruturas para agricultura protegida de acordo com as condições da região.
  • Aplicar boas práticas de manejo pós-colheita, que permitam preservar a qualidade dos produtos colhidos, até o consumidor final.
  • Utilizar um sistema logístico eficaz desde a colheita dos produtos até o processo de seleção, embalagem e expedição.
  • Desenhar e executar projetos técnicos de agricultura protegida com base na análise do ambiente macro e microeconômico.
  • Elaborar planos de negócios e projetos de inovação para cultivos protegidos que permitam melhorar e aumentar a produtividade e lucratividade da empresa.
  • Implementar um sistema de certificação de qualidade e rastreabilidade dos produtos colhidos para exportação e mercado nacional.
  • Determinar as necessidades de pessoal para atender às diferentes tarefas do processo de produção de cultivos protegidos e implementar técnicas para melhorar seu desempenho.
  • Gerir a informação técnico-científica, através da utilização de ferramentas informáticas, para promover a inovação de produtos e processos.
  • Gestão adequada do software para operar sistemas de fertirrigação pressurizada e sistemas de aquecimento e resfriamento em casa de vegetação, dependendo dos requisitos das culturas protegidas.

Atitudes e Valores:

  • Atitude empreendedora e capacidade de trabalhar em equipa.
  • Responsabilidade profissional e respeito pela legalidade na utilização de métodos físicos, químicos e biológicos aplicados a sistemas de produção em ambientes protegidos, que previnam a degradação ambiental.
  • Criatividade para gerar soluções alternativas para problemas agronômicos, relacionados ao manejo de cultivos.
  • Responsabilidade na tomada de decisões, na gestão dos recursos económicos e ambientais.
  • Desenvolver capacidade de liderança, respeito e imparcialidade na gestão de pessoas.

Requisitos para obter o diploma

De forma a proporcionar flexibilidade na obtenção do grau, o programa propõe três opções, que respondem à formação quer à profissionalização do curso, quer à promoção da investigação científica.

1. Modalidade de transferência e inovação tecnológica

Tem como objetivo apresentar uma proposta, resultante de formação teórica e prática, que pode ser orientada para uma das seguintes áreas:

  • Validação, transferência e adaptação de tecnologia. É o processo pelo qual o conhecimento gerado na investigação é transmitido em seu campo de aplicação ao usuário final.
  • Tecnologia para economia e uso eficiente de água e/ou energia. Processos voltados para o uso eficiente de água e energia, nos processos produtivos da agricultura protegida.
  • Pacote tecnológico. Conjunto de técnicas de inovação tecnológica, para melhorar as condições produtivas dos agricultores.
  • Inovação e desenvolvimento de novos produtos e processos. Seu objetivo é validar novas tecnologias nos processos produtivos da agricultura protegida.
  • Tecnologia ecológica de ponta, inovação verde e sustentabilidade e sustentabilidade. Trata-se da incorporação de tecnologias inovadoras e de baixo impacto ambiental, aos processos produtivos da agricultura protegida com a filosofia de sustentabilidade e sustentabilidade do agrossistema.

2. Estudos de produtividade e competitividade, novos modelos de negócios

De forma a manter a flexibilidade na obtenção do grau, o programa propõe as seguintes opções de trabalho de licenciatura em estudos de produtividade e competitividade, novos modelos de negócio, que respondem à formação quer à profissionalização do curso quer à promoção à investigação científica.

  • 1. Estudos de produtividade: O aluno poderá apresentar um trabalho final resultante de uma proposta ou candidatura de melhoria dos seus sistemas de Gestão Empresarial (Administração, Finanças ou Marketing) a uma empresa produtora ou comercializadora de produtos agrícolas protegidos, podendo obter os produtos seguintes.
    • Análise de viabilidade financeira: Trabalho onde é proposto a uma empresa um estudo de viabilidade de projetos de investimento na empresa, de forma a contribuir para a tomada de decisão.
    • Análise de viabilidade comercial: Um trabalho onde é proposto a uma organização um estudo sobre a viabilidade comercial de uma empresa de produção ou comercialização de Agricultura Protegida, de forma a saber se o desempenho do mercado atual ou potencial se ajusta às necessidades da mesma.
    • Proposta ou aplicação de estratégia comercial: Será desenvolvido um trabalho onde se pretende desenvolver uma proposta de melhoria de estratégias comerciais que permitam às empresas posicionarem-se no seu mercado atual ou potencial para aumentar o seu desempenho no mesmo e permitir o atingimento dos objetivos objetivos objetivos comerciais definidos pela empresa.
    • Proposta ou aplicação de melhoria de sistemas de gestão: Será realizado um trabalho em que é feito um diagnóstico para identificar áreas de oportunidade de melhoria nos sistemas de gestão da empresa, ou a aplicação de uma proposta desenvolvida pela empresa que suporta os sistemas de gestão atuais da organização, que incluirá as diferentes funções do negócio, como as áreas financeira, marketing, produção e recursos humanos.

3. Tese

A tese é um trabalho de investigação individual inédito, cujo objetivo é que o aluno demonstre os conhecimentos e competências adquiridos na utilização de métodos e técnicas de investigação, gestão de fontes de consulta e informação, bem como coerência argumentativa e clareza na redação .

Sobre a escola

Perguntas

Cursos Similares

  • MSc (Agr) Agricultura Sustentável e Desenvolvimento Rural
    • Dublin, Irlanda
  • Mestrado em Meio Ambiente, Agricultura e Gestão de Recursos (INTER-EnAgro)
    • Zagreb, Croácia
  • Mestre em Agricultura de Precisão e Sustentável
    • Bologna, Itália